top of page
Notícias Recentes

Anthony Rodriguez, Lucas Dunka (AX2), Gui Ferreira (65cc) e Lorenzo Ricken (50cc) são campeões 2022

Campeonato finalizou sua 24ª edição em rodada dupla indoor, no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo (SP)


A 24ª edição do Arena Cross, tradicional competição do off-road nacional, terminou neste domingo (21/8), no Pavilhão do Anhembi, em São Paulo (SP), com quatro campeões: Anthony Rodriguez (Pró), Lucas Dunka (AX2), Guilherme Ferreira (65cc) e Lorenzo Ricken (50cc). As provas foram exibidas ao vivo pelo canal SporTV e estão disponíveis na íntegra no YouTube Arena Live Brasil (assista aqui).



O evento, realizado pela segunda vez consecutiva, em uma pista indoor, padrão internacional e construída pela dupla britânica Justin Barclay e Alfie Smith, contou com o duelo brasileiros versus estrangeiros, que incluiu três pilotos convidados especiais: os norte-americanos Josh Hill e Ryan Breece, além do inglês Joe Clayton. “São 24 anos de muito trabalho e ter uma prova dessa magnitude novamente no Pavilhão do Anhembi só reforça o orgulho que tenho de toda a minha equipe. É uma grande satisfação proporcionar um grande show ao público e ao mesmo tempo contribuir para a evolução desse esporte no país”, ressalta Carlinhos Romagnolli, organizador do Arena Cross.



Categoria Pró

O fim de semana foi perfeito para o venezuelano Anthony Rodriguez (#1), da Honda Racing, que faturou o bicampeonato consecutivo da competição na Pró, após vencer as quatro corridas da categoria, sendo duas no sábado e duas no domingo. “Não foi fácil manter esse número um, mas minha equipe e eu batalhamos bastante por essa conquista. Estou muito feliz com mais esse título aqui no Brasil”, diz Rodriguez. O português Paulo Alberto (#211), da Yamaha Monster Energy Geração, dono de cinco títulos do Arena Cross, ficou com o vice-campeonato de 2022.



Categoria AX2

Lucas Dunka (#34), da Pro Tork KTM Racing Team, usou dos pontos em vantagem para administrar as posições nas corridas e faturar o tricampeonato da categoria. “É demais encerrar uma competição com um título, resultado de muito esforço e dedicação de todos do time”, destaca o catarinense. Ramyller Alves (#70), da Husqvarna Power Husky Invictus Speed Crew, cruzou a linha de chegada em primeiro nas duas corridas do fim de semana e conquistou o vice-campeonato, com 34 pontos, em critério de desempate, com Gabriel Andrigo (#10), da Honda Racing, que obteve a mesma pontuação e finalizou a temporada em terceiro lugar.



Categoria 65cc

O campeão Guilherme Ferreira (#511) levou o título da categoria após fechar as duas corridas do fim de semana na segunda colocação. O garoto do Mato Grosso é o primeiro campeão do estado no Arena Cross. “Tivemos provas maravilhosas e estou feliz com meu resultado. Corri com uma moto emprestada do meu amigo Gabriel e agradeço a ele por essa oportunidade”, conta Ferreira. A vitória nas baterias ficou com Kevin Pinho (#52), campeão de 2021 e que agora ficou com o vice-campeonato, já que não disputou a primeira etapa, em Jundiaí (SP).



Categoria 50cc

A firmeza e determinação do catarinense Lorenzo Ricken (#16) levou o piloto de oito anos ao título do Arena Cross 2022 entre a garotada da 50cc. “É muito boa essa sensação de ser campeão. Fiquei um pouco nervoso na corrida, mas deu tudo certo, consegui vencer de novo e ganhar o título”, destaca. Enzo Fialho (#122), que chegou às etapas finais empatado em número de pontos com Ricken, terminou a temporada como vice-campeão.



O Arena Cross 2022 tem patrocínio da Monster Energy, Honda e Pro Honda, além do copatrocínio da Yamaha e KTM. O apoio é da Prefeitura de São Paulo e da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), revista Pró Moto, revista Dirt Action e Moto Channel Brasil. A supervisão é da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). A realização é da Romagnolli Promoções e Eventos e da Liga Nacional de Esportes a Motor (Linem).



Resultados – Cinco primeiros


Classificação final do campeonato – após 4ª etapa

Categoria Pró

1º - Anthony Rodriguez #1 (VEN) – 149 pontos

2º - Paulo Alberto #211 (POR) – 140 pontos

3º - Leonardo Souza #45 (BRA) – 95 pontos

4º - Pepê Bueno #97 (BRA) – 91 pontos

5º - Renato Paz #4 (BRA) – 67 pontos



Categoria AX2

1º - Lucas Dunka #34 – 67 pontos

2º - Ramyller Alves #70 – 64 pontos

3º - Gabriel Andrigo #10 – 64 pontos

4º - Henrique Henicka #75 – 42 pontos

5º - Marcello Leodorico #244 – 41 pontos



Categoria 65cc

1º - Guilherme Ferreira #511 – 69 pontos

2º - Kevin Pinho #52 – 60 pontos

3º - Lucas de Matos #900 – 58 pontos

4º - Zion Berchtold #17 – 52 pontos

5º - Kayky Pinho #51 – 41 pontos



Categoria 50cc

1º - Lorenzo Ricken #16 – 75 pontos

2º - Enzo Fialho #122 – 65 pontos

3º - João Ferreira #221 – 44 pontos

4º - Rafael Caoni #353 – 35 pontos

5º - Heitor Matos #300 – 34 pontos



Soma Corridas Pró

1º - Anthony Rodriguez #1 (VEN) – 41 pontos

2º - Paulo Alberto #211 (POR) – 36 pontos

3º - Ryan Breece #200 (EUA) – 30 pontos

4º - Josh Hill #75 (EUA) – 26 pontos

5º - Leonardo Souza #45 (BRA) – 22 pontos



1ª Corrida Pró

1º - Anthony Rodriguez #1 (VEN)

2º - Paulo Alberto #211 (POR)

3º - Ryan Breece #200 (EUA)

4º - Josh Hill #75 (EUA)

5º - Leonardo Souza #45 (BRA)



2ª Corrida Pró

1º - Anthony Rodriguez #1 (VEN)

2º - Paulo Alberto #211 (POR)

3º - Ryan Breece #200 (EUA)

4º - Josh Hill #75 (EUA)

5º - Leonardo Souza #45 (BRA)



Corrida AX2

1º - Ramyller Alves #70

2º - Gabriel Andrigo #10

3º - Lucas Dunka #34

4º - Henrique Henicka #75

5º - Gabriel Mielke #102



Corrida 65cc

1º - Kevin Pinho #65

2º - Guilherme Ferreira #511

3º - Lucas de Matos #900

4º - Kayky Pinho #51

5º - Zion Berchtold #17



Corrida 50cc

1º - Lorenzo Ricken #16

2º - Heitor Matos #300

3º - Enzo Fialho #122

4º - Pietro Fraga #152

5º - João Ferreira #221



Informações à imprensa:

Carolina Yada

Jornalista, assessora de imprensa e produtora de conteúdo

(11) 99657-6761

Comments


NOTÍCIAS

ARENA CROSS 2024 - OK.png
bottom of page