top of page
Notícias Recentes

Primeiro dia da Super Final do Arena Cross 2023 tem corridas intensas no Pavilhão do Anhembi

Paulo Alberto (Pro), Marcello Leodorico (AX2), Zion Berchtold (65cc), João Vitor (50cc) foram os vencedores da noite; Competição continua neste sábado (1/7), em São Paulo



O primeiro dia da Super Final do Arena Cross, realizado nesta sexta-feira (30/6), no Pavilhão Anhembi, em São Paulo (SP) foi válido pela terceira e penúltima etapa da temporada 2023. Paulo Alberto (Pro) venceu as duas corridas da principal categoria. Marcello Leodorico (AX2), Zion Berchtold (65cc), João Vitor (50cc) foram os destaques nas respectivas classes. O evento continua neste sábado (1/7).

A rodada dupla também recebe os pilotos convidados Justin Starlin, Tyler Bowers e Tristan Lane, dos Estados Unidos, além de Joan Cros, da Espanha. A pista tem autoria dos construtores ingleses Justin Barclay e Alfie Smith, responsáveis pelos traçados de grandes competições, como o Mundial de Motocross e atualmente pelo Mundial de Supercross. As corridas podem ser assistidas no YouTube Arena Live Brasil (clique aqui).


Categoria Pró

O português Paulo Alberto (#211), da Yamaha Monster Energy Geração, manteve a invencibilidade ao faturar mais duas vitórias na temporada da principal categoria, a Pró, para pilotos acima de 16 anos e motos até 450cc. Ele também venceu o Duelo 1x1, o que garantiu dois pontos extras na classificação do campeonato. Com isso, ele abriu uma vantagem de 38 pontos em relação ao segundo colocado da tabela, seu companheiro de equipe, Gabriel Andrigo (#18), e está bem perto do seu sexto título da competição.

“Estou muito feliz e me sentindo bem, consegui vencer as duas baterias e estou ótimo fisicamente. A pista está bastante exigente. Só falta mais um dia e vamos em frente para encerrar a temporada da melhor forma possível”, comenta o pentacampeão do Arena Cross. O norte-americano Justin Starling (#12) fechou o dia em terceiro, seguido do espanhol Joan Cross (#848) e Hector Assunção (#30).



Categoria AX2

Pela classe para pilotos de 14 a 23 anos e motos até 250cc, Henrique Henicka (#202), da 595 Racing, largou na frente, mas logo Bernardo Tiburcio (#3), da Pro Tork KTM Racing Team, vencedor da etapa passada assumiu a ponta. Porém, Marcello Leodorico (#244), da Yamaha Monster Energy Geração, mais rápido do treino classificatório, fez a ultrapassagem e seguiu em primeiro até a vitória na linha de chegada. “É uma pista de alto nível, que separa os homens dos meninos. Eu adoro o Arena Cross, principalmente quando é bastante técnico. Muito feliz por ter a oportunidade de correr em uma pista assim no Brasil. Venho sofrendo bastante neste ano com arm pump, uma espécie de dor no braço, mas acredito em Deus, pedi para ele guiar a minha moto e até a vitória”, destaca Leodorico. Assim, ele subiu para a vice-liderança da classe. Tibúrcio segue na primeira colocação com um vantagem de apenas quatro pontos. Gabriel Mielke (#102), com quinto lugar na corrida desta sexta-feira, agora é o terceiro na tabela, com Henicka em quarto e Guilherme Bresolin (#109) em quinto.



Categoria 65cc

Guilherme Buozi (#274) começou a bateria para crianças e adolescentes de 7 a 12 anos na primeira posição. Muito focado, o vencedor das etapas de Caraguatatuba e Jundiaí, Zion Berchtold (#17), da KTM, ainda no começo da corrida pulou para a liderança. Ele seguiu assim até final e bastante determinado em conquistar seu segundo título do Arena Cross, o primeiro nesta categoria. “A hora que vi que larguei em terceiro ou quarto, tentei dar um tiro e consegui assumi a liderança. Depois de um tempo, abri um pouco e só mantive. Cada volta é um desafio novo e mais emoção”, diz Berchtold, de 11 anos. Buozi finalizou em segundo, seguido de João Barbosa (#23), Lorenzo Ricken (#16)e Pedro Dias (#111)



Categoria 50cc

Prova intensa da garotada de 5 a 9 anos. O duelo entre João Vitor (#221), da Gas Gas, vencedor da segunda etapa, e Pietro Fraga (#152), da Husqvarna, ganhador da primeira, parecia que iria durar toda a corrida. Em uma queda no início, Fraga se levantou e continuou a bateria na segunda colocação, mas um tombo quase no fim o tirou da prova desta sexta. Assim, João Vitor levou a melhor e aumentou a confiança para a prova de sábado. “Larguei em segundo, mas consegui passar o Pepê (Fraga) em um erro dele. Andei bem e concentrado. Espero que esteja tudo bem ele. E vamos com tudo, porque tem mais”, finaliza João, de oito anos. Lorenzo Bermond (#730) ficou em segundo na prova, seguido de Marcos Dias (#165), Henrique Spinasse (#232) e Benjamin Sagae (#4).

Como assistir às corridas deste sábado (1/7)

As corridas terão transmissão ao vivo pelo canal SporTV, a partir das 21h, e também pelas redes sociais Facebook (Arena Cross Brasil) e YouTube (Arena Live Brasil), a partir das 19h.

Ainda tem ingressos

O valor da arquibancada é R$ 40 (inteira) ou R$ 20 (meia-entrada). Há também o ingresso para a Torcida Arena, que dá direito de visitação aos boxes em horários determinados e o preço é R$ 100. As entradas são limitadas e podem ser adquiridas através do site www.arenacross.com.br. O estacionamento é a parte.


O Arena Cross 2023 tem patrocínio da Monster, Honda, Pro Honda e Sportbay; copatrocínio da Yamaha, KTM, Kawasaki, Husqvarna e Golden Tyre. O apoio é da Prefeitura da Cidade de São Paulo, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), Distrito Anhembi, revista Revista Dirt Action, Show Radical e Moto Channel Brasil. A supervisão é da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). A realização é da Romagnolli Promoções e Eventos e da Liga Nacional de Esportes a Motor (Linem).



Resultados – Cinco primeiros

Classificação do campeonato – após 3ª etapa



Categoria Pró 1º - Paulo Alberto #211 (POR) – 126 pontos
 2º - Gabriel Andrigo #18 (BRA) – 88 pontos
 3º - Leonardo Souza #45 (BRA) – 76 pontos
 4º - Ramyller Alves #22 (BRA) – 71 pontos

 5º - Hugo Basaúla #747 (POR) – 59 pontos


Categoria AX2
 1º - Bernardo Tiburcio #3 – 52 pontos 2º - Marcello Leodorico #244 – 48 pontos

 3º - Gabriel Mielke #102 – 46 pontos
 4º - Henrique Henicka #202 – 41 pontos
 5º - Guilherme Bresolin #109 – 36 pontos

Categoria 65cc
 1º - Zion Berchtold #17 – 60 pontos
 2º - Guilherme Buozi #274 – 45 pontos
 3º - Heitor Mattos #300 – 40 pontos
 4º - João Barbosa #23 – 36 pontos 5º - Miguel Boer #357 – 35 pontos


Categoria 50cc
 1º - João Vitor #221 – 57 pontos
 2º - Pietro Fraga #152 – 40 pontos
 3º - Lorenzo Bermond #730 – 32 pontos
 4º - Marcos Dias #165 – 32 pontos
 5º - Arthur Lourenzo #505 – 30 pontos


1ª Corrida Pró
 1º - Paulo Alberto #211 (POR)
 2º - Joan Cros #848 (ESP) 3º - Gabriel Andrigo #18 (BRA)
 4º - Justin Starling #12 (EUA)
 5º - Leonardo Souza #45 (BRA)



2ª Corrida Pró
 1º - Paulo Alberto #211 (POR)
 2º - Justin Starling #12 (EUA)
 3º - Gabriel Andrigo #18 (BRA)
 4º - Joan Cros #848 (ESP) 5º - Tristan Lane #90 (EUA)


Corrida AX2 1º - Marcello Leodorico #244 2º - Bernardo Tiburcio #3 
 3º - Guilherme Bresolin #109 4º - Henrique Henicka #202 5º - Gabriel Mielke #102

Corrida 65cc 1º - Zion Berchtold #17 2º - Guilherme Buozi #274 3º - João Barbosa #23 4º - Lorenzo Ricken #16 5º - Pedro Dias #111

Corrida 50cc 1º - João Vitor #221 2º - Lorenzo Bermond #730 3º - Marcos Dias #165 4º - Henrique Spinasse #232 5º - Benjamin Sagae #4

Serviço:

Arena Cross 2023 – Super Final Data: 30 de junho e 1 de julho (sexta e sábado) Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi – Pavilhão Norte Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1.451 – São Paulo (SP)

Ingressos: Vendas disponíveis em www.arenacross.com.br/ingressos Arquibancada geral Inteira – R$ 40 Meia-entrada – R$ 20 Torcida Arena (acesso aos boxes em horários determinados) Inteira – R$ 100

Programação sábado (1/7):
 13h – Treinos livres 15h – Abertura dos portões 15h30 – Treinos classificatórios 17h às 17h50 – Visitação aos boxes (Torcida Arena) 18h às 18h50 – Sessão de autógrafos 19h10 – Abertura do evento 19h20 – Duelo 1x1 Pró 19h30 – Solenidade oficial 19h50 – Prova 50cc 20h10 – Prova 65cc 20h30 – Show de Freestyle 21h – Prova Pró (1ª bateria) 21h30 – Prova AX2 22h – Prova Pró (2ª bateria) 22h30 – Pódio e encerramento

Calendário Arena Cross 2023 1ª etapa – 13 de maio – Caraguatatuba (SP) 2ª etapa – 3 de junho – Jundiaí (SP) 3ª etapa – 30 de junho – São Paulo (SP) 4ª etapa – 1 de julho – São Paulo (SP)

Informações à imprensa: Carolina Yada Jornalista, assessora de imprensa e produtora de conteúdo (11) 99657-6761 carol.yada@gmail.com


NOTÍCIAS

ARENA CROSS 2024 - OK.png
bottom of page