top of page
Notícias Recentes

Campeonato do Arena Cross 2023 chega indefinido à Super Final

Decisão da temporada será nesta sexta-feira (30/6) e sábado (1/7), em evento internacional, no Pavilhão Anhembi, em São Paulo (SP)



A Super Final do Arena Cross, nesta sexta-feira (30/6) e sábado (1/7), no Pavilhão Anhembi, em São Paulo (SP), vai definir os campeões da temporada 2023. O evento que completa neste ano 25 edições é um dos principais do motociclismo do Brasil. Em uma grande estrutura e com a presença de pilotos internacionais convidados – como Joan Cros, Justin Starlin, Tyler Bowers e Tristan Lane – o público poderá assistir às disputas que vão consagrar quatro competidores, que ficarão para sempre na história da competição.

Na categoria Pró, a principal do campeonato, para pilotos acima de 16 anos e motos até 450cc, o português Paulo Alberto, da Yamaha Monster Energy Geração, está fazendo uma temporada impecável, com todas as vitórias nas corridas e nos Duelos 1x1. “Estamos vindo de uma série de corridas, por um lado é bom, porque estamos no ritmo, mas por outro é mais cansativo. Estou muito bem fisicamente e pronto para esta etapa dupla no Anhembi. Conheço alguns dos pilotos convidados, eles são rápidos e vai ser divertido tê-los conosco nesta Super Final”, destaca Paulo, 33 anos, pentacampeão do Arena Cross.

Ele tem 84 pontos, uma vantagem de 24 para o segundo colocado, Ramyller Alves, da Husqvarna Brasil Factory Racing PowerHusky. Ano passado consegui vencer os dois dias e foi uma experiência muito boa. Isso me deixa bem animado para voltar correr no Anhembi. É uma pista que eu gosto muito porque é um pouco maior e mais aberta do que as outras etapas, bem parecido com o Supercross no Estados Unidos”, ressalta Alves.

Para Hector Assunção, da equipe Honda Racing, que também já correu etapas do AMA Supercross, a Super Final é também especial, com a vinda dos construtores de pista Justin Barclay e Alfie Smith, da Inglaterra. “Isso eleva o nível da competição, com um circuito mais técnico e desafiador. Eu gosto bastante e fica divertido de pilotar. Já andei com o Joan Cros, em 2020 lá fora, e com o Tyler Bowers, que esteve com a gente no Arena Cross em 2021. Espero fazer uma boa final e brigar pelas primeiras colocações”, comenta o também pentacampeão da competição.

Pela AX2, categoria para pilotos de 14 a 23 anos e motos até 250cc, o campeonato está empatado entre dois pilotos da mesma equipe: Gabriel Mielke e Bernardo Tibúrcio, da Pro Tork KTM Racing Team. Ambos têm 35 pontos. Mielke venceu a primeira etapa, em Caraguatatuba (SP), e Tibúrcio, a segunda, em Jundiaí (SP). “Os preparativos estão a todo vapor. Estou trabalhando bastante e bem empolgado com a equipe para chegar 100% para a Super Final. Espero fazer duas boas corridas para sair com o título do campeonato”, conta Mielke que completou 19 anos nesta quarta-feira (28/6). “Estou treinando bastante nos últimos dias. O objetivo é tentar fazer as corridas com bastante cabeça para repetir o resultado da etapa passada”, diz Tibúrcio, piloto de 15 anos.

Nas categorias infantis, a situação é a mesma que as profissionais. Pela 65cc, para crianças e adolescentes de 7 a 12 anos, Zion Berchtold, da KTM, venceu as duas corridas anteriores. O garoto de 11 anos soma 40 pontos e tem 10 de vantagem para Heitor Matos. “Tem sido uma ótima temporada do Arena Cross. Fiz uma pontuação boa com vitórias nas duas etapas e agora na final, que é rodada dupla, estou preparado para acelerar o máximo possível para conquistar o título”, conta Berchtold, que busca seu segundo título da competição. Ele venceu a classe 50cc em 2020.

Já na classe 50cc, da garotada de 5 a 9 anos, a disputa também está empatada, com 37 pontos para cada lado. Pietro Fraga, de oito anos, da Husqvarna, levou a melhor na corrida de abertura e João Vitor, de oito anos, da Gas Gas, na segunda. “Treinei muito e me sinto bem preparado para conquistar esse título no fim de semana”, avisa Pietro. “Estou bem confiante para ser campeão e quero convidar todo mundo para assistir essa final de perto no Anhembi”, finaliza João. As corridas terão transmissão ao vivo pelo canal SporTV e também pelas redes sociais Facebook (Arena Cross Brasil) e YouTube (Arena Live Brasil).

Últimos ingressos estão disponíveis

O valor da arquibancada geral por dia é R$ 40 (inteira) ou R$ 20 (meia-entrada). Já o passaporte de sexta e sábado fica R$ 60 (inteira) ou R$ 30 (meia-entrada). Há também o ingresso para a Torcida Arena, que dá direito de visitação aos boxes em horários determinados. O preço é R$ 100 por dia ou R$ 150 os dois dias. As entradas são limitadas e o estacionamento é a parte.


O Arena Cross 2023 tem patrocínio da Monster, Honda, Pro Honda e Sportbay; copatrocínio da Yamaha, KTM, Kawasaki, Husqvarna e Golden Tyre. O apoio é da Prefeitura da Cidade de São Paulo, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), Distrito Anhembi, revista Revista Dirt Action, Show Radical e Moto Channel Brasil. A supervisão é da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). A realização é da Romagnolli Promoções e Eventos e da Liga Nacional de Esportes a Motor (Linem).



Classificação do campeonato – após 2ª etapas

Categoria Pró 1º - Paulo Alberto #211 (POR) – 84 pontos
 2º - Ramyller Alves #22 (BRA) – 60 pontos

 3º - Gabriel Andrigo #18 (BRA) – 53 pontos
 4º - Leonardo Souza #45 (BRA) – 48 pontos
 5º - Jean Ramos #10 (BRA) – 47 pontos


Categoria AX2
 1º - Bernardo Tiburcio #3 – 35 pontos 2º - Gabriel Mielke #102 – 35 pontos
 3º - Marcello Leodorico #244 – 28 pontos

 4º - Henrique Henicka #202 – 28 pontos
 5º - Otávio Pedro #12 – 21 pontos

Categoria 65cc
 1º - Zion Berchtold #17 – 40 pontos
 2º - Heitor Mattos #300 – 30 pontos
 3º - Miguel Boer #357 – 30 pontos
 4º - Guilherme Buozi #274 – 28 pontos
 5º - Enzo Fialho #122 – 22 pontos


Categoria 50cc
 1º - João Vitor #221 – 37 pontos
 2º - Pietro Fraga #152 – 37 pontos
 3º - Arthur Lourenzo #505 – 30 pontos
 4º - Nicolas Gabriel #465 – 36 pontos
 5º - Vitor Brito #30 – 19 pontos



Serviço: Arena Cross 2023 – Super Final Data: 30 de junho e 1 de julho (sexta e sábado) Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi – Pavilhão Norte Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1.451 – São Paulo (SP)

Ingressos: Vendas disponíveis em www.arenacross.com.br/ingressos

Arquibancada geral Inteira – R$ 40 por dia Meia-entrada – R$ 20 por dia

Arquibancada geral – passaporte promocional 2 dias Inteira – R$ 60 Meia-entrada – R$ 30

Torcida Arena (acesso aos boxes em horários determinados) Inteira – R$ 100 por dia

Torcida Arena – passaporte promocional 2 dias Inteira – R$ 150 por dia

Programação sexta (30/6) e sábado (1/7):


13h – Treinos livres 15h – Abertura dos portões 15h30 – Treinos classificatórios 17h às 17h50 – Visitação aos boxes (Torcida Arena) 18h às 18h50 – Sessão de autógrafos 19h10 – Abertura do evento 19h20 – Duelo 1x1 Pró 19h30 – Solenidade oficial 19h50 – Prova 50cc 20h10 – Prova 65cc 20h30 – Show de Freestyle 21h – Prova Pró (1ª bateria) 21h30 – Prova AX2 22h – Prova Pró (2ª bateria) 22h30 – Pódio e encerramento

Calendário Arena Cross 2023 1ª etapa – 13 de maio – Caraguatatuba (SP) 2ª etapa – 3 de junho – Jundiaí (SP) 3ª etapa – 30 de junho – São Paulo (SP) 4ª etapa – 1 de julho – São Paulo (SP)

Informações à imprensa: Carolina Yada Jornalista, assessora de imprensa e produtora de conteúdo (11) 99657-6761 carol.yada@gmail.com

Comments


NOTÍCIAS

ARENA CROSS 2024 - OK.png
bottom of page